24/04/2011

[HOMENAGEM] Bem vindos sejam!



     Difícil resistir!
     Se o que nos afeta é uma exaustivo mal-estar, não resistimos a uma aspirina para aliviar o incômodo; porém, se o que nos afeta vem desse agressivo mundinho exterior como, por exemplo, o desagradável cheiro de um ex-vivente em decomposição quando estamos a caminhar numa ritmada  observação da paisagem ai, é torcer para que eles, os urubus, venham na sua inescrupulosa esfomeação, devorar os detritos e nos permitir aspirar o verde cinzelado da vegetação e da terra na sua inebriante aridez.
    São, pois, muito úteis: as aspirinas e também os urubus!
    Agora digo: o que mais gosto nestas palavras é a plasticidade de seus significados no contexto da blogosfera!
    Aqui, podemos entender por aspirinas: mulheres que apreciam a boa literatura e através dela querem levar ao mundo alívio para tensões cotidianas, relax para um cansaço, alegria sutil para a lágrima que ficou retida na umidade do olhar ou, tão somente, registrar algumas lembranças. Bom dizer: tais mulheres sucumbem graciosamente ao vermelho do batom e da unha e não resistem a vaidade de vestirem-se com um pretinho básico e ainda calçarem um sensualíssimo salto alto!
    Quanto aos urubus... quem são eles?
    Nada de asquerosos bichinhos comedores de detritos.
    Os tais são uma graça!
    Um deles, nos contempla com sedutores olhos azuis-sagazes e é um observador implacável do cotidiano; de punho crítico e afiadíssimo para grafar sua opinião e despachá-la em centenas de letras ou caracteres, num jornal, numa revista, na web e onde mais a tecnologia alcança.
    E tem um outro!
    De cabeleira tentadora  para um afago... cuidado! Disfarçado sob cachinhos de Querubim, tem uma mente que trama em mil mistérios as situações mais corriqueiras da vida.
    Pois então: uniram-se eles e elas numa composição infalível de palavras bem conectadas em textos divertidíssimos que percorrem o planeta em muitos megabytes. Sendo esta composição indicada para quem gosta de distrair-se com uma boa leitura e, podem acreditar: é bem difícil de resistir!
    Aspirinas & Urubus: sejam bem-vindos!
   
Clea Morais
Leitora

7 comentários:

  1. Bom saber que estamos despertando discussões e os mais variados sentimentos nos leitores. E ainda melhor saber que nossos leitores estão virando fãs! Continuem lendo, ainda ficarão mais maravilhados com tudo ;)

    ResponderExcluir
  2. Saber q tem alguem nos lendo e o melhor produzindo escrita a partir dessas leituras é realmente mto gratificante.
    Esperamos mante-la cativa por mto tempo...rs

    Um abraço

    Prima ASS

    ResponderExcluir
  3. Clea, gostamos muito da forma como captou nosso projeto. Ótimo texto.
    Obrigada e obrigado pela sua contribuição, isso nos motiva ainda mais.
    Urubu mor(Paiva)e Aspirina reina(Regiane)

    ResponderExcluir
  4. Leitora, fã, cativa... tudo isso sim! Parabenizo vocês e muito, muito sucesso para o A&U.

    ResponderExcluir
  5. Uau!
    A quinta Aspirina chega de viagem e depara com este texto!
    Não há palavras para agradecer!
    Cléa parabéns pelo texto tão perceptivo e um beijão sudestino!
    Eliana Klas, a quinta Aspirina!

    ResponderExcluir
  6. Querida Cléa, lindo seu texto. Fico feliz que minha conterrânea e colega de trabalho esteja apreciando os textos que corajosamente estamos nos propondo a escrever. Ótimo saber também que domina tão bem a arte da escrita. Espero ver mais e mais textos seus publicados aqui nesse nosso espaço. Um abraço.

    Rokatia Kleania - A Pequena Aspirina

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...