28/05/2011

Não, para. Não, para. Não para!



Publicitário

Todos os motivos do mundo pra odiar você:

10 – Odeio quando você chega em casa estressado do trabalho, mas mesmo assim tem tempo pra brincar com as crianças, levar o cachorro pra passear e lavar a louça do jantar;

9 – Odeio o fato de não existirem amantes, paqueras ou números esquisitos no seu celular. Odeio o fato de você ser só meu. E de mais ninguém;

8 – Odeio a sua simpatia e sua amizade com meus pais. Odeio quando você é solícito e os tenta ajudar, às vezes até mais do que os seus próprios;

7 – Odeio quando você faz minhas amigas rirem. Odeio de verdade quando elas me dizem que você é o melhor marido que alguém pode ter;

6 – Odeio suas surpresas. Odeio achar flores e chocolate sem data importante ou motivo aparente;

5 – Odeio minha aliança de casamento. Odeio 24 quilates;

4 – Odeio sua visão pouco crítica com minhas imperfeições. Odeio quando você me diz que ama minhas curvas. Odeio o quanto você adora meus cachos indomáveis;

3 – Odeio quando você lembra todas as datas: 1º beijo, aniversário de namoro, aniversário de casamento, MEU aniversário;

2 – Odeio o jeito compreensivo que você me olha quando estou gritando e soltando mil palavras porcas ao vento;

1 – Odeio TPM.

Licença Creative Commons
Não, para. Não, para. Não para! de Davi Moura é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported. Based on a work at ww.aspirinasurubus.blogspot.com. Permissions beyond the scope of this license may be available at www.blogadorocomer.blogspot.com.

4 comentários:

  1. Certamente, nem Freud explicaria tanto ódio sem razão.., mas a loucura de senti-lo está além de qualquer compreensão...
    abraços lindo amigo!
    Regiane

    ResponderExcluir
  2. Texto fácil, pretencioso mais pela forma do que pelo contexto, mas que mantém a característica do autor que tem aproveitado bem o seu conhecimento na publicidade.

    ResponderExcluir
  3. Anjo,

    Claro q estou rindo. To lembrando do Smurf Ranzinza qdo ele chegou a dizer : "Eu Odeio, papai Smurf!". Será q ele tinha TMP?...kkk...
    Genial. Vc consegue ousar ate na simpliciade!
    um bj
    lete
    Prima ASS

    ResponderExcluir
  4. “ Urubuzinho, texto divertidíssimo de ler e que assustava um pouco pela semelhança com certos dias meus.
    Hahahahahahahaha.
    Descrever a alma feminina com tamanha perfeição é coisa de artista.
    Odiamos o tanto que odiamos tudo nos dias em que quase nada faz sentido dentro deste corpo castigado por esta coisa toda das “luas”.

    Este discurso perfeito, crônica do cotidiano, demonstra mais uma vez o pesquisador da alma feminina que há por trás do escritor Davi.

    Beijos da Aspirina Klas, mulher, e em constante luta contra estes sintomas bizarros.”

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...