04/08/2011

Teu outono em mim


Outono 63 - Matilde Marçal

Secretária

O outono desperta minhas últimas vontades.
Vontade do seu toque na nuca.
Seu toque em meu braço.
Seu toque em meu rosto.
Vontade do seu toque nas partes expostas de minha pele, nas partes que podes tocar.

Nada posso fazer além de debruçar e sentir este cheiro de folha dourada.
Sim, o outono tem cheiro de folha, folha molhada, marrom, soltando do galho.
Você tem o cheiro desta folha.

Teu cheiro me dá fome, cheiro de desejo.
O teu cheiro antecede o inverno onde todos os cheiros se perdem.
O teu cheiro é assim:
cheiro de antes do fim,
cheiro da última vontade,
cheiro do último desejo,
desejo que ninguém precisa saber, que ninguém vai ver.
O outono é teu perfume em mim.
Teu cheiro desce pelo meu corpo e amolece minhas pernas.
Sua boca longe da minha desenha o contorno do meu corpo...
Teu toque, não vem.
Acaricia minha pele morna, sua saliva molha minhas curvas.
Teu cheiro de outono atrapalha minha primavera.
Faz-me não querer a primavera, quero você!
Você, mesmo sem flores, sem folhas verdes, com tanto vento.
Meu último desejo, antes que o verão me sufoque, é todo teu outono em mim. 

Licença Creative Commons
Teu outono em mim de Eliana Klas é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported. Based on a work at www.aspirinasurubus.blogspot.com. Permissions beyond the scope of this license may be available at www.eutodososdias.blogspot.com.

2 comentários:

  1. Puxa, Klas, que paixão sentida pelos poros. Belíssimas imagens. Mega expansão de todos os sentidos. Um chamado à vida, ao amor e a tudo que juntos eles podem oferecer.
    parabéns!
    bj grande
    Prima ASS
    lete

    ResponderExcluir
  2. Lirismo a flor da pele. Outono sinestésico esse que vc reproduziu, respeite! Sua metáfora desperta nossos sentidos, Gostoso de ler! Adorei!
    Grande abraço, linda!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...